quarta-feira, junho 14, 2006

Decepção na estréia


Tá bom, o importante é vencer, é o primeiro jogo, não existe mais bobo no futebol, etc, etc, etc. O problema é que se tratando do copa do mundo sempre se espera muito da seleção. Neste primeiro jogo eu nem esperava show, mas com certeza esperava mais do que vi, principalmente no segundo tempo.
O primeiro tempo foi chato, mas com o gol de Kaká pensei comigo mesmo: agora que saiu o primeiro a tendência é o time se soltar e melhorar de rendimento. Ledo engano. De chato o jogo ficou horrível e com a entrada de Robinho voltou ao nível de chato. Acabou em 1 x 0 deixando o Brasil no mesmo patamar de Inglaterra, Holanda e outros favoritos que ficaram satisfeitos em vencer por placares mínimos.
Sei não. Durante o jogo vi um Ronaldo desinteressado, um Roberto Carlos rindo para o bandeirinha, enfim, um time sem a gana de vencer uma copa. Desse jeito não vai muito longe. Não se ganha uma copa no oba a oba. A própria seleção de 70 foi de uma concentração e uma vontade de vencer a toda prova. 94 então foi vencida pela vontade de um grupo, mais até do que talento. Espero que esteja errado.
Valeu pelo 1 x 0 e mais nada. Agora é a Austrália.

Nenhum comentário: