sábado, julho 01, 2006

Alemanha 1 x 1 Argentina (4 x 2)


Foi um jogo muito disputado mas com poucas chances de gol, como é comum em uma partida desta magnitude. O técnico José Peckerman pagou o preço que deve ser pago pela covardia e falta de visão. Tirou Riquelme e Crespo e colocou o time dentro da área chutando bolas para o alto. Levou o gol de empata em não tinha mais time para jogar os 10 minutos que faltavam nem os 30 minutos de prorrogação!
É bom que esta coisas aconteçam para acabar com algumas idéias que estão prosperando nas últimas décadas como a que diz que a melhor tática é não correr riscos. Besteira. É impossível jogar futebol sem correr riscos, num lance, numa bola, pode acontecer o gol. O melhor para previnir é fazer gols, pois aí pode levar um ou dois que não vai fazer falta.
Vai ser difícil segurar a empolgação alemã.
Detalhe: o que é o Klisman comemorando um gol? Sei não, acho que ele está se entregando...

Nenhum comentário: