domingo, setembro 24, 2006

Banco do Brasil

Mais uma do recente escândalo do governo Lula. Um dos lambões foi Expedito Veloso, diretor do BB que só chegou à função pelo mérito de ser do PT, é suspeito de ter utilizado sua função no banco para ter acesso às contas da oposição. A demora do governo em identificar os titulares e as contas em que foram sacados os mais de um milhão de reais indica que todo o aparelho está trabalhando para segurar a informação o máximo possível. A utilização do BB pelo governo é vergonhoso. Vale lembrar que parte do dinheiro que financiou o mensalão saiu do banco através dos cartões VISA.
Não vejo nenhuma manifestação do Banco em tentar "limpar" a sua reputação que está indo para o ralo. Sou correntista de 1990 e pela primeira vez estou sentindo na carne as taxas que estão sendo cobradas desde que o PT colocou as mãos no Banco. Não há nada que este partido não administre que se transforme em taxa. Se é para pagar taxa de banco particular é melhor mudar para um banco particular!
Estou iniciando um processo para transferir minha conta para outro banco, particular, pois prefiro que meu dinheiro vá para mãos de acionistas do que para financiar corrupção. Não é só isso, vou me enganjar em convencer o máximo possível de pessoas a seguir meu exemplo. Não podemos continuar admitindo que nosso dinheiro financie esta quadrilha que tomou conta do Estado.
E não adianta nem a vitória de Alckmin, pois através dos sindicatos dos bancários o Banco está aparelhado de cima abaixo, junto com a Caixa Econômica.
Se você tem conta, principalmente especial, em um destes bancos pense bem. O seu dinheiro está sendo administrado não por funcionários competentes, mas espiões do PT. Caia fora enquanto é tempo!

Um comentário:

Alan disse...

Hola Junior
I think you've become an activist. If everyone were to think like you there would not be a Lula government in power and banks would take care what they did to their customers.