sábado, outubro 28, 2006

Amanhã é o Dia

Curioso. Esta semana cheguei a conclusão que não dava mais e que Lula seria re-eleito com folgas. Tudo conspira a seu favor, até mesmo a incopetência da candidatura de oposição em defender uma opção diferente do que está aí.

Tá tudo tão bem encaminhado que fico me perguntando porque tanta irritação no debate ontém e tanta virulencia nos ataques petistas dos últimos dias.

Está um clima no mínimo esquisito. É aquela situação que me lembra as leis de Murphy. É justamente quando nada pode dar errado que dará. Será?

O fato é que amanhão os eleitores brasileiros comparecerão às urnas mais uma vez para escolher o seu governante para os próximos 4 anos. É sempre o momento para a nação se afirmar e definir seu futuro. O meu voto está se tornando quase que um de resistência, contra o status quo atual. Estando certo, obviamente, as pesquisas.

Está com a maioria nem sempre é sinal de sabedoria. Espero, sinceramente, que o Brasil me surpreenda amanhão e de um basta a esta esculhambação generalizada que o PT fez com meu país. Mas isto não depende de mim, e sim da consciência crítica de meu povo e como quer se definir como nação. A opção está bastante clara. Quem me dera se ao dormir hoje uma manifestação coletiva de inspiração conduza o voto amanhã para a vitória de Alckmin.

Seria inesperado?

Totalmente!

Mas nem por isto menos emocionante!

Acorda Brasil!

Nenhum comentário: