sexta-feira, outubro 13, 2006

Onde Vamos Parar?

O ministro Eri Pargendler, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) consedeu liminar mandando retirar do ar, e do site na internet o comentário de Arnaldo Jabour na rádio CBN sobre o debate da Band. Eis o comentário:

"Amigos ouvintes, o debate de domingo serviu para vermos os dois lados do Brasil. De um lado, um choque de capitalismo. De outro, um choque de socialismo deformado num populismo estadista, num getulismo tardio. De um lado, São Paulo e a complexa experiência de Estado industrializado, rico e privatista. De outro, a voz dos grotões, onde o estado ainda é o provedor dos vassalos famintos. De um lado, a teimosa demanda do Alckmin pelo concreto da administração pública, e do outro, o Lula, apelando para pretextos utópicos, preferindo rolar na retórica de símbolo (...)"

A representação foi solicitada pela coligação quadrilheira sobre a argumentação que o jornalista havia opinado a favor de Alckmin e em consequência, contrária ao atual presidente.
Vejam a gravidade, um jornalista, no exercício de sua função, está proibido pelo TSE de emitir sua opinião. Segundo o ministro opiniões agora só podem ser neutras. Isto é um total absurdo! O que diz a constituição no artigo V:
É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato
Acorda Brasil! Antes que seja tarde...

Nenhum comentário: