sábado, dezembro 30, 2006

Saddam Hussein

Foi enforcado hoje em Bagdá o ex-ditador Saddam Hussein. Não vou derramar lágrimas por este carniceiro, mas acho a sentença e sua execução uma imbecilidade completa. Os americanos parecem não aprender nada com a história. Saddam vivo era um símbolo dos horrores de seu tempo e do que uma ditadura se transforma. Um chamado constante às conciências. Morto é um mártir. Uma ameaça muito maior do que uma débil vida que teria pela frente.
Claro que ninguém acredita que houve justiça, houve sim justiçamento. E isto é preocupante. Não gosto da idéia dos Estados Unidos executando seus inimigos políticos pelo mundo a fora. A decisão foi da justiça iraquiana? Balela. Não existe ainda ordenamento jurídico no país para uma pena de morte desta. Os americanos conduziram o processo. Curioso que não vêem mal nenhum em aplicar a pena capital fora de suas fronteiras, sendo que nem dentro é um consenso, visto que muitos estados americanos aboliram esta pena há muito tempo.

Nenhum comentário: