segunda-feira, janeiro 22, 2007

10 Canções

Uma lista com 10 canções que adoro.


Behind Blue Eyes (The Who)

Escolher uma única música do Who sempre foi uma coisa muito complicada. Neste caso a escolha caiu por esta música por algumas razões. Faz parte do Who's Next, o mais inspirado disco em estúdio da banda, pelo menos na forma convencional pois as duas óperas rock são caso a parte. Tem letra inspiradíssima de Townshend e um dedilhado lindo. Mas o que fica para mim é Daltrey cantando os versos e a explosão no final, com a dupla Entwistle-Moon dando mais um show.

Have You Ever Seen The Rain (Creedence Clearwater Revival)

Adoro a seqüência de acordes desta música. Uma das primeiras que aprendi a tocar no violão. O duro é cantar o refrão sem desafinar!

Blind Eye (Uriah Heep)

A abertura é um show a parte. Uma guitarra acústica maravilhosa, uma entrada de bateria arrepiante e um riff que gruda no cérebro. E ainda tem David Byron cantando horrores!

Paranoid (Black Sabbath)

Por falar em riff, este do Tony Iommi é a própria definição do Heavy Metal. Maravilhoso. E os versos na voz de Ozzy são ainda mais poderosos. Simples, direta e perfeita.

Aqualung (Jethru Tull)

Aqui vai a genialidade de Ian Anderson e o solo maravilhoso de Martin Barre. Um clássico absoluto do rock.

I Need You (The Beatles)

Esta é uma das músicas mais simples do banda de Liverpool. Por isso mesmo uma das minhas preferidas. A letra de George me ganhou justamente por esta simplicidade. Além de me lembrar de bons momentos de minha vida.

Mistreated (Deep Purple)

É um blues triste de primeira qualidade, com David Coverdale cantando como nunca e Ritchie mostrando porque para alguns, eu incluído, foi o melhor guitarrista do rock.

Rock'n'roll (Led Zeppelin)

Esta música é uma porrada do início ao fim. Ficou tão perfeita que eles nunca mais se meteram a fazer um rock tão direto para não ficar ofuscado por esta obra prima.

Man of The World (Fleetwood Mac)

Peter Green nos presenteou com este blues lento de primeira grandeza, onde também prevalece a simplicidade e a beleza da melodia.

Murders In The Rue Morgue (Iron Maiden)

Esta foi a música que me introduziu no rock, e por isso mesmo sempre terá um lugar cativo em minhas listas.

Nenhum comentário: