segunda-feira, janeiro 29, 2007

Debate na Câmara

Hoje a TV Câmara transmite o debate entre os candidatos à presidência da casa. É uma eleição curiosa. Querem que acreditemos que a vitória de Aldo Rebelo seria uma vitória da oposição diante do candidato do PT. Os jornais reforçam que Lula permitiu que a base se dividisse ao não intervir na disputa entre os dois governistas. Balela. O que aconteceu é que existiam apenas os dois candidatos. Era o melhor dos mundos para o Lulismo. Com dois candidatos venceria de qualquer forma, e ainda contava com o apoio da oposição ao vencedor pois, com a base dividida, a eleição seria definida com certeza pela oposição. Não é uma democracia? Elege-se um candidato do governo com apoio da oposição? E tem gente que acha que Lula não mede cada pequeno ato seu.

O que não contavam era com a candidatura de Fruet. Até esperavam que houvesse um candidato alternativo, mas imaginaram um candidato do PPS, PV ou adjacências, nunca do PSDB. Por enquanto os lulistas não acreditam na vitória de Fruet, mas temem o voto secreto e isso é o suficiente para os deixar apreensivos. Mas confiam que os deputados não vão querer um presidente que zele pela ética e o decoro.

Como adiantou Sérgio Buarque de Holanda: A democracia no Brasil sempre foi um lamentável mal-entendido.

Nenhum comentário: