sábado, fevereiro 24, 2007

Em Boa Companhia

In Good Company(2005)
Direção: Paul Weitz
Elenco: Dennis Quaid, Topher Grace, Scarlett Johanson


O filme conta a história do chefe do departamente de vendas de uma revista esportiva(Quaid) que é rebaixado de cargo quando a mesma é comprada por uma grande corporação. Seu novo chefe é um jovem executivo de 26 anos (Grace) com nenhuma experiência prática em revistas.
Para complicar inicia um romance escondido com a filha do subordinado (Johanson).

Grace e Johanson são estrelas em ascensão, a última já excelentes papéis no currículo, mas é Quaid quem dá as cartas. Está perfeito no executivo "ultrapassado" que precisa se agarrar ao emprego pois está para ser pai pela terceira vez.

A história levanta questões sobre o capitalismo das grandes corporações que em busca de índices de desempenho (lucro) passa por cima dos funcionários, demitindo-os impiedosamente. Neste ponto há um evidente exagero, levando todos os personagens e situações a limites extremos. Quaid é antigo mas brilhante (apesar da revista não vir bem das pernas), Grace é cheio de discursos vazios e nenhuma prática, o empregado demitido não consegue outro emprego e é abandonado pela esposa, etc. Não precisava exagerar tanto as questões para fazer uma boa crítica.

Mas o ritmo do filme é agradável, os atores estão bem, os personagens tem alguma profundidade e as soluções finais fogem dos padrões da indústria de cinema. O que já é um grande mérito. Nota 8,0.

Nenhum comentário: