domingo, fevereiro 25, 2007

Embriagado de Amor

Punch-Drunk Love(2002)
Direção: Paul Thomas Anderson.
Estrelando: Adam Sandler, Emily Watson, Phillip Seymour Hoffman, Luiz Guzman, Hazel Mailloux.

É muito difícil comentar este filme pois gostando ou não ninguém pode negar que é diferente. Lendo a sinopse, vendo a escalação do elenco liderado por Adam Sandler, imagina-se uma comédia romântica no estilo próprio de Hollywood. Só um detalhe já poderia colocar o público na espreita de algo diferente: a direção de P.T. Anderson.

Pois o criador de Boogie Nights e Magnólia concebeu mais uma vez um filme diferente. Ao contrário dessas produções com vários personagens principais, este é centrado totalmente em Barry (Sandler). Na primeira parte de um filme somos apresentando a um pequeno empresário que dirige um negócio de desentupidor de vaso sanitário. É sufocado pelas 7 irmãs e parece incapaz de conseguir assumir as rédeas de sua vida.

Quando entra Lena na sua vida meio que forçando passagem e Barry acaba apaixonado. É o estopim para estourar uma bomba humana de anos de repressão.

O grande mérito do filme é apresentar um personagem crível e real, longe da perfeição dos pares românticos do cinema, mas que consegue que torçamos por ele. Sim, existem símbolos como um piano abandonado na frente da empresa de Barry, e algumas situações exageradamente surreais que acaba desagradando muita gente.

É um filme para ser curtido, o que nem sempre é muito fácil. Nota 8,0.

Nenhum comentário: