domingo, fevereiro 25, 2007

Maracanã vazio

Chovem desculpas para o público ruim do jogo decisivo de hoje. A Globo e o portal G1 batem na tecla do preço do ingresso (R$ 40,00) que a primeira vista realmente espanta o público. No entanto este preço existe porque a grande parte dos torcedores vai aos jogos pagando meia-entrada, fruto da gigante irresponsabilidade do poder público que permite que a UNE distribua as carteirinhas para qualquer um.

O que a Globo não informou é que o jogo estava sendo transmitido para a praça onde se realizaria a partida. Esta prática só existia até algum tempo atrás quando os ingressos eram todos vendidos. A Globo a cada dia mostra um maior desrespeito ao esporte que transmite. Coloca os jogos em horários horríveis, como os de domingo às 16:00, horário este que sem manteve durante o horário de verão. E principalmente o de 21:45 nas quartas feiras, onde o torcedor é obrigado a voltar para casa de madrugada em cidades onde a prática não é recomendável. A Globo junto com os clubes que aceitam estas exigências têm grande responsabilidade pela ausência dos torcedores no estádio.

É claro que a violência também tem sua parte nesta situação. Tem que gostar muito de ir ao estádio enfrentando o medo quando tem a possibilidade de assistir ao jogo tranqüilamente em casa. O atual modelo está cada vez pior, falta aos promotores do espetáculo realmente sentarem e buscarem soluções efetivas para trazer o público de volta.

O poder público, principalmente estadual, também está faltando com a sua responsabilidade. Já deveriam ter colocado um limite no horário de início dos jogos. Pode sim se intrometer na questão pois é sua polícia que dá segurança às partidas. Atualmente nem os próprios policiais estão seguros nos estádios, o que dirá dos torcedores.

Nenhum comentário: