domingo, fevereiro 04, 2007

Violência no Futebol Italiano

A morte de um policial italiano no último final de semana em conflito de torcidas fez alguns brasileiros afirmarem: tá vendo, não é só a gente, lá também tem violência. Claro que tem, a violência nunca foi exclusividade tupiniquim, mas não dá para comparar os resultados.
Pois a morte do policial foi a primeira desde 1995 (12 anos). Aqui no Brasil ocorrem várias ao longo do ano. Pois a de lá, uma única em 12 anos, simplesmente paralisou os campeonatos que não devem re-iniciar tão cedo. A nossas mortes só abalam as famílias das vítimas, no dia seguinte tudo continua na mesma. Pois na de lá o primeiro-ministro assumiu uma posição firme, paralisando o futebol pois não vai colocar policiais em riscos por causa de um jogo. Aqui os policiais são colocados em risco constante em jogos que são classificados previamente como de alto-risco e as autoridades, como sempre, fingem que não tem nada a ver com o assunto.

Dá para comparar?

Acho que não.

Nenhum comentário: