segunda-feira, março 26, 2007

5 campos da existência

Assisti uma palestra no fim de semana e um dos palestrantes falou que a existência teria 5 campos: ciência, filosofia, religião, mitologia e artes. Qualquer um que ficasse preso a um desses polos, por melhor que fosse, estaria tendo uma vida restrita. O segredo seria ter pontes abertas para cada uma das demais áreas. Podemos ser, por exemplo, um homem das ciências. Mas este homem deve dialogar, ter ligações com os demais.

Há algum tempo que tenho pensado nisso. Sempre fui muito voltado para as ciências e comecei, desde o ano passado, a tentar construir algumas "pontes" com os outros campos. Comecei a ler sobre filosofia, e aos poucos estou aprendendo bastante. Este ano voltei a freqüentar as atividades religiosas, e pretendo estudar mais sobre as outras religiões. Nas artes sempre tive uma grande ligação com a literatura e cinema. Estou tentando expandir. A mitologia ainda é um campo nebuloso, o que sei vem da escola, mais particularmente da mitologia grega.

O importante é que me convenci que não posso ficar restringindo meu mundo. Ou não devo. Não sei. Só sei que tenho uma necessidade de expandir meus conhecimentos e minha vivência. Alguns chamam de cultura inútil, que estudo só por estudar. Pode até ser, mas acho que devemos sempre caminhar na direção dos sábios, pois de alguma maneira vamos influenciando o mundo a nossa volta. Não tenho pretensão de tornar-me sábio, palavra que ultimamente ganhou certo teor pejorativo, mas tenho sim de tornar-me melhor e poder ajudar as pessoas mais próximas. O que tem a ver? Acho que muito. É conhecendo a existência que podemos melhor aconselhar e orientar quem precisa de auxílio. E educar os filhos, uma atividade sempre nobre.

Nenhum comentário: