sábado, março 10, 2007

Mais sobre acordo Brasil-EUA

Blod do Cláudio Humberto

O senador democrata Barack Obama, que disputa com a senadora e ex-primeira dama americana Hillary Clinton a indicação à presidência dos EUA, condenou o acordo de cooperação assinado ontem por Lula e George W. Bush, em São Paulo. "Ameaça nossa segurança energética, prejudica o nosso país substituir petróleo importado por etanol", advertiu em discurso no Senado, na véspera, o candidato Obama, estrela em ascensão na corrida presidencial americana. Disse ainda que "quem embora bem intencionado advoga substituir nossa produção de biocombustível pela importação de etanol brasileiro está não só confundindo o desafio de nossa segurança energética a longo prazo, mas também ignorando uma valiosa opção de polítca externa. Os EUA precisam expandir dramaticamente a produção doméstica industrial de combustível renovável e não aceitar um acordo de curto prazo que desencoraja investimentos na expansão interna deles (combustíveis renováveis)", acrescentou Obama, que poderá ser o primeiro presidente negro nos EUA.


Para aqueles que acham que um governo democrata é melhor para o Brasil...

Nenhum comentário: