sexta-feira, março 23, 2007

Sobre o enterro da CPI do apagão

A oposição pode se considerar vitoriosa nesta CPI. Sim, o governo conseguiu enterrá-la e dificilmente Celso de Mello vai derrubar uma decisão em plenário do outro poder. Mas a derrota era inevitável e a oposição conseguiu:
  • obrigar o governo a usar a truculência;
  • desgastar o governo no episódio;
  • e mais importante, conseguiu que a votação fosse nominal. Com isso os deputados que a enterraram deixaram suas digitais o que será muito importante no futuro próximo. A crise aérea está longe de acabar.
Por fim eu não tinha lido ainda o requerimento que pedia sua instalação. Não tem como dizer que não havia fato determinado, está tudo bem amarrado no texto. Fica claro que tratava-se de uma manobra política e que a CCJ deixou de cumprir o seu papel. Permitiu que a constituição fosse desrespeitada.

Cesar Maia em seu blog hoje lembra que vencer o governo no primeiro ano de mandato é praticamente impossível. Deve-se utilizar a tática de desgaste para conseguir as vitórias a partir do segundo ano quando a força das urnas vai se dissipando. Agiu com inteligência a oposição. Finalmente.

Nenhum comentário: