quinta-feira, abril 12, 2007

Agora a CPI deve sair

O governo se assustou com a possibilidade da CPI do apagão sair no senado. É compreensível. A maioria lá é bem mais estreita do que na Câmara e já estudo abrir a CPI antes mesmo da decisão do STF. Com a maioria que possui poderá fazer relator e presidente e "controlar" a investigação de forma que não se chegue perto da Infraero.

Na verdade o governo, para variar, se atrapalhou todo nesta confusão. O que começou como uma cutucada dos aliados para fazer o presidente se mexer e distribuir alguns cargos acabou se transformando em um problemão. Deveria ter impedido sua base de assinar o documento, o que é legítimo e do jogo. Como não o fez começou o remendo. E como todo remendo sempre sai pior do que o soneto, como diz o ditado. Agora tudo indica que sai de qualquer jeito com o desgaste adicional de tê-la combatido com armas vexatórias. E no pior momento possível.

Nenhum comentário: