segunda-feira, abril 16, 2007

Enfim a primeira coletiva

Parece que o presidente resolveu finalmente dar sua primeira entrevista coletiva, já passados 3 meses do segundo reinado, digo, mandato. Claro que será nos seus termos. Entrevistadores selecionados(algo como Cruvinel, Noblat, Paulo Henrique Amorim, os "neutros" de sempre), perguntas limitadas e, principalmente, sem direito à réplica. Se tem uma coisa que Lula odeia é ser contraditado. Talvez porque não tenha respostas.

Só para ter uma idéia, já que gosta tanto de comparar com seu antecessor, FHC deu 16 coletivas. Todas com direito à tréplica. O "brucutu" George Bush dava sua vigésima-primeira ao mesmo tempo que "nosso" presidente dava a primeira. Volto à dizer, esta coletiva deveria ser obrigatória e mensal. É o presidente prestando contas à nação, e não concedendo um favor.

Aliás, no primeiro debate com Alckmin, o então candidato-presidente (ou presidente-candidato) perguntou, diante dos ataques do PCC, o que teria dado errado na gestão tucana no governo de São Paulo. Pois ficamos sabendo agora que o único presídio federal construído pelo atual governo e inaugurado com a pompa tradicional, mesmo com 141 presos (capacidade de 208), já está sob o controle de Beira-Mar e do PCC. Será que algum jornalista "neutro" poderia fazer a mesma pergunta ao supremo mandatario? O que deu errado presidente?

Nenhum comentário: