domingo, maio 06, 2007

The Deep End Vol 1 e 2

Em agosto de 2000 o Gov't Mule perdia seu baixista, Allen Woody. No ano seguinte surge a idéia de fazer um disco em sua homenagem. Até aí nada de novo. Surge a idéia de chamar para cada faixa um baixista diferente, amigos e referências de Woody. Aí temos mágica.

O disco é uma aula de rock'n'roll do início ao fim. É simplesmente fabuloso. É escutando álbuns como este que se entende o que leva uma banda a ser acima das outras. A ser especial.

O próprio Warren afirmou que Woody gostava de baixistas com personalidade. Não adiantava que fosse bom, tinha que se expressar ao tocar seu instrumento. Fiel à sua memória, Haynes compôs a maioria das músicas especialmente para o trabalho, muitas em parceria com os convidados. Outros gravaram suas próprias músicas, tornando-se covers fantásticos.

E é assim que desfilam 25 baixistas nos dois volumes que formam o projeto inteiro. De cara simplesmente um monstro: Jack Bruce, baixista de uma das duas maiores influência do Mule, o Cream.

A outra grande influência? Jimi Hendrix Experience. E Bill Cox também está no disco tocando uma das músicas celebrizadas pelo mestre da guitarra: Catfish Blues. O curioso é que ao que se sabe Hendrix nunca tocou esta faixa quando Cox estava na banda.

Mais baixistas? Que tal nomes como John Entwistle (Who), Jack Cassady (Jefferson Airplane),Chris Squire (Yes), Roger Glover (Deep Purple), Tony Levin (King Crimson), Les Claypool (Primus), Jason Newstead (Metallica) e tantos outros.

Minhas preferidas?

Banks of the Deep End, com Mike Gordon é simplesmente linda. Puro talento. Soulshine com Willie Weeks é mais linda ainda, um baladão fantástico. Worried Down With the Blues traz a galera do Allman Brothers (Greg Allman, Oteil Burbridge,Derek Trucks). Beautifully Broken com Stefan Lessard, Time To Confess com Georg Potter Jr, World Of Confusion com Tony Levin. Quer saber? Melhor escutar o disco inteiro!

Sim, Allen Woody também está lá com um cover do Grand Funk Railroad: Sin's A Good Man's Brother. Para emocionar.




Não tenho mais dúvidas: o Gov't é a melhor coisa que surgiu nos últimos 20 anos. Devo fazer uma recomendação entretanto: cuidado ao se iniciar em seu som. É como uma droga, você fica dependente e é difícil de parar!

Nota 10. Com Louvor.

Nenhum comentário: