sábado, julho 21, 2007

Antônio Carlos Magalhães (04/09/1927 - 20/07/2007)

Morreu uma das figuras ímpares da política brasileira, o senador baiano Antônio Carlos Magalhães, o ACM. Para muitos, a encarnação do mal, o retrato da direita reacionária e da falta de ética na política. Para outros um líder regional e uma das forças contra o avanço da esquerda no país. De qualquer forma, uma das figuras mais importantes da política brasileira.

A definição mais constante nos jornais de hoje era que ACM era um político de sentimentos extremos. Era amor e ódio. E passava de um para outro em uma velocidade incrível.

Era um dos parlamentares mais influentes da casa, mesmo sendo oposição. Com o atual presidente vivia uma relação ambígua, por vezes era capaz de defendê-lo e por outras era um de seus principais algozes.

A política brasileira perdeu uma de suas referências históricas. Para o bem ou para o mal.

Nenhum comentário: