quinta-feira, agosto 23, 2007

Music From The Big Pink

Em 1966 Bob Dylan sentia-se limitado pelo folk totalmente acústico que praticava. Resolveu dar uma guinada na carreira e abraçar o som elétrico. Em Nova Iorque conheceu uma banda chamada The Hawks, que anteriormente tocara com Ronnie Hawkins. A banda era formada por Robbie Robertson (guitarra), Rick Danko (baixo), Garth Hudson (orgão), Richard Manuel (piano) e Levor Helm (bateria). Apenas o último era americano, os demais eram canadenses.

Dylan recrutou a banda e tocaram juntos na turnê de 1966 e logo depois gravaram o que viria a ser conhecido com Basement Tapes. Em 1967 The Hawks tornava-se The Band e assinava um contrato com a Capital Records. No ano seguinte lançavam seu disco de estréia, Musig From The Big Pink.

É considerado por boa parte da crítica como um dos melhores discos de estréia da história do rock e merece o elogio pois é realmente genial.

Apesar de canadenses tocavam a música americana na essência em temas inspirados fazendo uma deliciosa mistura de country, blues, jazz e principalmente o bom e velho rock'n'roll.

Neste primeiro disco Dylan contribuiu em 3 músicas e a maioria dos temas são de autoria de Manuel ou Robertson. A banda mostrava-se afiada e Manuel, Danko e Helm revezavam-se nos vocais.

Robertson presenteou-nos com a clássica "The Weight" e a magistral "Chest Fever". Manuel destaca-se com a parceria com Dylan em "Tears of Rage" e a insinuante "We can Talk". E ainda tem uma maravilhosa "This Wheel's on Fire" de Dylan/Danko e encerra com chave de ouro com "I Shall Be Released", presente de Bob Dylan.

As outras faixas não deixam o pique cair e mostram a força deste trabalho brilhante desta banda que já começava como uma lenda. Só para ter uma idéia do impacto do disco, Eric Clapton ao escutá-lo identificou o som que desejava fazer e iniciou o desmanche do Cream.

Nenhum comentário: