sábado, setembro 29, 2007

O que ando escutando

Ringo Starr: Vertical Man(1998)



Gravado para aproveitar a onda do Anthology, este disco conta com participações para lá de especiais: George Harrison, Paul MacCartney, Joe Walsh, Steven Tyler, Alanis Morissette, Ozzy Osbourne, Timothy B. Schmit e outros. Ringo é muito menosprezado, considerado por alguns como um sortudo que estava na hora certa no lugar certo. Não poderia discordar mais. Acho-o um excelente baterista e gosto muito de seu trabalho solo. Este disco é muito bom mesmo, com grandes canções. O ponto forte de Ringo é sua autenticidade; ele não tenta ser o que não é e faz muito bem o que sabe.

George Harrison: All Things Must Past(1970)



Se o trabalho solo de um Beatle que mais gosto é o do Ringo, o melhor disco sem dúvidas e este primeiro do Harrison. Aqui ele colocou todas as composições que foram se acumulando enquanto viveu meio na sombra da disputa entre MacCartney e Lennon. Gosto particularmente de "Isn't it a pity", "Beware of Darkness" e "What is Life". E as letras... as letras são um show à parte. O retrato da alma de um grande artista.

The Allman Brothers Band: Brothers and Sisters(1973)



O primeiro álbum após a morte de Duane acabou sendo marcado por mais uma tragédia. O baixista Berry Oakley faleceu no início das gravações em acidente similar ao do guitarrista. As composições foram dividas entre Greg e Betts. Este gravou seu único vocal solo na história da banda, a deliciosa country Ramblin' Man. O guitarrista responde pelas duas melhores faixas "Southbound" e a instrumental "Jessica". A despeito das circunstâncias é um discaço!

The Band: The Band(1969)


Segundo álbum da Banda. Aqui Robertson assume com autoridade as composições e nos apresenta mais algumas obras inspiradíssimas como "Up on Cripple Creek", "The Night They Drove Old Dixie Down" e a belíssima "Across the Great Divide". E o principal: todos estão tocando o fino! Simplesmente maravilhoso.

Nenhum comentário: