terça-feira, outubro 30, 2007

Os 7 seguranças

Os sete seguranças presos sob a acusação de envolvimento na morte de um sem-terra durante a invasão da fazenda da Syngenta em Santa Tereza do Oeste (PR), dia 21, vão responder ao processo em liberdade. Ontem à tarde a juíza da 1ª Vara Criminal da Comarca de Cascavel, Sandra Regina Bittencourt Simões, concedeu o relaxamento de prisão dos acusados. Segundo a juíza, não há provas, até agora, de que algum deles tenha matado o sem-terra. O relaxamento das prisões revoltou os movimentos sociais.


Neste confronto morreram duas pessoas, um segurança e um sem-terra. Quem fez a invasão? Os sem-terra. Quem estava na defensiva? Os seguranças. Quantos sem-terra foram presos pela morte do segurança? zero. E quantos seguranças foram presos pela morte dos sem-terra? 7. Exatamente, 7. Isso porque a constituição diz que "todos são iguais perante a lei".

Mais sábio, Orwell já afirmava décadas atrás: "todos os animais são iguais, mas alguns são mais iguais do que os outros".

Em síntese, é o pensamento central das esquerdas. Tudo gira em torno de se diferenciar grupos. E é assim que um grupo fora-da-lei como o MST ganha status de ''movimento social".

Nenhum comentário: