domingo, novembro 18, 2007

Judô: quase que deu

Foi por muito pouco que o Brasil não levou a taça do mundo de judô por equipes em torneio disputado na China. Depois de passar pela Rússia e pelos donos da casa, enfrentamos o Japão na decisão do ouro. Infelizmente estávamos sem João Derly, Tiago Camilo e Flávio Canto, desfalques consideráveis para qualquer equipe. Ainda mais que nestas categorias, os judocas que se apresentaram estavam em nível bem abaixo dos japoneses.

A grande surpresa foi Hugo Pessanha, que não conhecia. Venceu o campeão mundial de 2005, Hiroshi Izumo, com um bonito vazari. Antes Pedro Guedes havia conquistado uma vitória também inesperada. Luciano Corrêam lutou como campeão mundial, vencendo sua luta por ippon.

Com o placar em 3 X 3, João Gabriel precisava da vitória, e quase conseguiu. Faltando 30 segundos o koka que daria o título ao Brasil ficou por muito pouco. A luta terminou empatada e o Japão conquistou o título no critério de desempate.

Considerando os desfalques, perder o título lutando de igual para igual com a fortíssima equipe japonesa, o Brasil foi muito bem. Estamos em boa rota para o jogos olímpicos; torço para apenas para que as contusões não nos atrapalhe.

Nenhum comentário: