sexta-feira, novembro 23, 2007

Na locadora

Um grande amigo, como fazia periodicamente, encontrava-se devolvendo filmes que alugara em uma locadora. Sempre se queixara que ônibus que pegava para retornar demorava muito. Mas naquele dia deu uma sorte danada, mal saiu da locadora e já vinha o transporte.

Correu até o ponto e conseguiu embarcar a tempo. Enquanto tomava fôlego, ainda sorridente, procurava nos bolsos dinheiro para pagar a passagem.
Foi quando seus dedos tocaram um objeto que causou-lhe surpresa. Era um molho de chaves. De carro.

Foi então que se lembrou: tinha vindo com o Opala de seu pai!

Nenhum comentário: