terça-feira, dezembro 04, 2007

Poema do PT

Do blog do Cláudio Humberto:

Não é bem um poema, mas uma apropriação coletiva do célebre poema "Se" ("If"), do escritor anglo-indiano Rudyard Kipling (1865-1935), prêmio Nobel de Literatura. A obra dos internautas está em progresso e aceita sugestões para, quem sabe, criar o mais longo poema do mundo: "Se FHC fosse o presidente, o que faria o PT...

...Se a epidemia de dengue fosse incontrolável como agora? E a febre aftosa?

...Se ameaçasse faltar gás?

...Se os lucros dos bancos fossem tão vultosos como agora?

...Se houvesse tantos acidentes aéreos?

...Se houvesse o caos aéreo?

...Se o FHC comprasse um avião tão luxuoso?

...Se todos os amigos de FHC fossem corruptos?

...Se o FHC perdoasse a dívida de tantos países"amiguinhos"?

...Se tivesse um filhinho tão espertinho?

...Se as despesas do palácio aumentassem tanto?

...Se alguma ministra de FHC nos mandasse relaxar e gozar?

...Se a primeira-dama não fizesse p.. nenhuma, mas tivesse cartão de crédito ilimitado?

...Se FHC fosse o mentor do mensalão e dissesse que não sabia de nada?

...Se FHC aparelhasse o estado com milhares de empregos para os

"companheiros"?

...Se algum aspone do presidente nos mandasse tomar no c...quando caísse algum avião?

...Se a saúde pública estivesse um caos e FHC dissesse que estava "próxima da perfeição"?

...Se as escolas públicas fingissem que ensinam, e que os alunos fingissem que aprendem, e o presidente dissesse que pra ser presidente ou político não precisaria ter instrução, só intuição?

...Se FHC declarasse sempre que não sabia de nada?

...Se o FHC fosse amiguinho do presidente mais acusado que o Senado já teve?

...Se o governo FHC tivesse 37 Ministérios e Secretarias, tantos, que é difícil encontrar alguém que os cite (ministérios, secretarias e ministros) e esclarecesse suas finalidades?

...Se o Bolsa-família e suas variantes só servissem para compra de votos e incentivo ao crescimento da natalidade nas faixas carentes da população?

...Se FHC criasse uma nova TV pública para "a pluralidade da informação"?

Nenhum comentário: