sábado, dezembro 08, 2007

Sem vergonha de mentir

Lula ontem:

"Alguns senadores que não querem que o país dê certo querem abolir esse imposto, que é justo porque é distributivo, que só atinge 13 milhões de pessoas. É o famoso imposto do cheque. E 80% do povo brasileiro não tem cheque."

É uma mentira deslavada, por um único motivo: a CPMF incide na movimentação financeira das empresas, que naturalmente repassam para o preço dos produtos. Quem compra pão, paga CPMF. Simples assim.É só fazer uma conta, a arrecadação da CPMF é de 40 bilhões, como corresponde a 0,38%, quer dizer que incidiu sobre uma base de 10 trilhões de reais. Para ter uma idéia, o PIB brasileiro é de cerca de 2 trilhões. Dizer que só rico paga CPMF é uma mentira deslavada, própria de um mentiroso deslavado.

"Os que são contra são aqueles que adorariam sonegar, como sonegaram a vida inteira."

Uma vez me falaram que ao invés de ficar criticando o presidente, deveríamos ser construtivos, torcer para dar certo. É claro que a pessoa que falou comigo estava falando de Lula, porque de FHC nunca economizou adjetivos impróprios. O vagabundo(ver definição no aurélio, no sentido de vadio) me chama de sonegador e não tenho o direito de criticá-lo? Em um país mais ou menos civilizado, só essa frase já seria motivo para convocação do presidente para se justificar no congresso. Como não somos, e nem nosso congresso tem essa moral toda, fica por isso mesmo. Pergunta: se o FHC falasse a mesma coisa, o que estaria dizendo a imprensa?

"Sabemos que a hora em que tirar R$ 40 bilhões [do Orçamento], quem vai sofrer são prefeitos e governadores. Na hora de cortar R$ 40 bilhões, vamos ter que tirar de algum lugar".

Isso nada mais é do que chantagem explícita aos governadores do PSDB, que deveriam estar convocando entrevistas coletivas para perguntar, retoricamente, ao presidente o que quer dizer com a afirmação. Mas, como cordeirinhos, estão pressionando os senadores do seu partido a votar a favor da CPMF, um papelão, principalmente por parte de Serra e Aécio. A posição contra a CPMF é o único ato de oposição real em 5 anos de desastre petista e sua majestade reage dessa forma. O que quer? Nada mais do que uma oposição que não faça oposição. Isso tem nome, já foi testado no século XX, e os resultados falam por si só.

Nenhum comentário: