domingo, fevereiro 17, 2008

Flamengo 2 x 1 Vasco

Mais uma final de Taça Guanabara

O Flamengo conseguiu mais uma vez a vaga para uma final de Taça Guanabara, uma constante na história do clube. O jogo foi duríssimo. O Flamengo começou melhor e quando parecia que o gol era uma questão de tempo, o Vasco cresceu bastante e fez o primeiro gol. Fábio Luciano empatou no fim do primeiro tempo e o jogo foi para o intervalo indefinido.

Como todo clássico, a decisão é nos detalhes. No primeiro deles, em um lance de extrema inocência de Ibson, o Vasco teve penalti a seu favor. Edmundo chutou fraco e Bruno defendeu. A partir daí só deu Flamengo, que chegou perto de fazer o gol da vitória por diversas vezes, até que Angelim fez, de cabeça, o gol da vitória.

Os destaques do jogão de hoje:

  • Os goleiros. Tiago fez excepcionais defesas, as mais vistosas. Mas as saídas de gol de Bruno em cruzamentos garantiram a vitória. Foi impressionante, não perdeu uma. Faz muito tempo que não via, em um jogo, um goleiro acertar tanto neste tipo de lance.
  • Edmundo, mesmo com a idade que tem, ainda faz a diferença. O gol do Vasco iniciou em lance seu. No penalti parece que ainda padece da maldição do Evair. Explico. Na época do grande time do Palmeiras em associação com a Parmalat, Edmundo e Evair disputavam a artilharia do time, com o segundo em vantagem. Edmundo, em entrevista, disse que era muito fácil ser o artilheiro cobrando os penaltis. Evair não fez por menos, disse que não bateria mais. No jogo seguinte Edmundo perdeu dois penaltis. Evair voltou a ser o batedor e não se falou mais nisso.
  • O preparo físico do Flamengo fez a diferença no segundo tempo, fruto de uma preparação correta. O Vasco teve que ir jogar nas Arábias. Pagou o preço.
  • Os dois técnicos fizeram alterações corretas. São, inegavelmente, bons treinadores. O gol da vitória do Flamengo destruiu os planos de Alfredo Sampaio, que ficou com um time muito defensivo no fim do jogo.
  • A arbitragem foi muito boa e não alterou o resultado do jogo. Edmundo merecia ter sido expulso por uma violenta falta por trás.
  • Parece que foi de propósito. Foi só Andrade entrar em campo que o time do Flamengo começou a fazer faltas na entrada da área. Ainda bem que só o deixaram bater uma falta.
Agora é mais uma final com o Botafogo. Ano passado foram quatro empates. Mais igual do que isso, impossível. De diferente o fato de que o alvinegro agora não poder ser considerado favorito. Dessa vez não há. Exceto se o Botafogo ficar sem Zé Carlos e Jorge Henrique. O time de Cuca não tem banco para substituí-los.

Nenhum comentário: