quarta-feira, maio 07, 2008

O vexame do Maracanã

O Flamengo conseguiu escrever uma página negra em sua história ao conseguir a proeza de ser derrotado pelo fraquíssimo time do América do México por 3 x 0 em pleno Maracanã.

Pior que já vi este filme antes. Em 2000, após ganhar o título carioca diante do Vasco, o time entrou em campo para jogar pela Copa do Brasil contra o Santos. Terminou o primeiro tempo perdendo por 3 x 0 e acabou eliminado da competição.

Hoje o Flamengo menosprezou o adversário. Quando Joel entrou em campo no meio daquele corredor deu para ver em sua cara que estava contrariado. A diretoria tem a maior parte da responsabilidade nesta derrota, foi ela que ignorou o adversário e resolveu transformar o jogo em uma festa de despedida. E foi, só que da equipe.

Pior que uma grande oportunidade foi desperdiçada. A equipe tinha condições de chegar no título, estava arrumada, com jogadores capazes de decidir.

O América tomou um susto com a vitória. Mesmo quando vencia por dois gols, resultado ainda insuficiente, ficou atrás parecendo satisfeito com o resultado. Não sonhava em se classificar hoje. Não teve culpa se Toró fez uma daquelas faltas idiotas na entrada da área, e muito menos da bola ter desviado na barreira.

Na verdade nada fez para ganhar o jogo, tudo foi feito pelo rubro-negro que resolveu não jogar pelo resultado e dar espetáculo para a torcida. Como um time com tamanha vantagem leva gol de contra-ataque? Se o América queria ficar atrás, tinha que ter feito o mesmo. O jogo terminaria 0 x 0, a torcida ficaria insatisfeita, mas o resultado teria sido conquistado.

Um jogo impossível de esquecer. Entrou para a história do clube como um de seus maiores vexames.

Triste, muito triste.

Nenhum comentário: