quarta-feira, setembro 03, 2008

Cielo e CBDA

Muito interessante as declarações de nosso campeão e recordista olímpico César Cielo Filho sobre a participação da Confederação Brasileira de Esportes Aquáticos (CBDA) em sua conquista. Mais do que não ajudar, a Confederação fez de tudo para atrapalhar. O motivo? César fez o certo, foi treinar em um país onde o esporte não tem a dimensão política que tem por aqui.

Quando decidiu treinar fora teve seu patrocínio retirado pela CBDA mostrando o perigo que existe em deixar recursos públicos nas mãos de burocratas. O mais interessante foi o ápice do afastamento, Cielo recusou-se a interromper seu treinamento para subir na rampa com Lula! Começa a ficar mais claro porque nossa natação consegue feitos tão fantásticos nos Jogos Olímpicos.

Sabem quanto custou cada medalha de ouro brasileira? 400 milhões de reais, isso considerando a medalha do nadador. Saiu quase tudo do nosso dinheiro. Só para ter um comparação, Gustavo Ioschpe em recente artigo apresentou o custo de cada medalha de ouro americana: 32 milhões! E quase nada de dinheiro público!

No entanto o modelo que sempre nos fascinou foi o cubano, nosso referencial olímpico. Agora que a ilha caribenha está em franca decadência refletindo no esporte seu enorme desastre econômico, voltamos nossos olhos para a China. Devem estar brincando. Gostaria de saber quanto custou cada medalha de ouro chinesa em esportes tão significativos como levantamento de peso ou badminton.

É isso aí Cielo, manda uma banana para esta gente toda e até mesmo para este país. Eles bem que merecem.

----------------
Now playing: Dirty Mac - Whole lotta yoko
via FoxyTunes

Nenhum comentário: