quinta-feira, setembro 25, 2008

Oba!

Uol:

Décadas se passaram, mas a Princesa Aurora continua linda e loira no aniversário de 50 anos do filme da Disney "A Bela Adormecida", que ganha DVD remasterizado em outubro. O clássico, baseado no conto de Charles Perrault, além de imagens mais nítidas, será lançado com cinco horas de extras, que incluem jogos, músicas e muito material sobre os bastidores da produção lançada oficialmente em 1959.


Trata-se de um dos meus desenho prediletos. A Lorena não gostou muito da bruxa, mas adorou as fadinhas!

Em ortodoxia, Chesterton (ainda vou citá-lo muito, esse sabia das coisas)escreve:

Há a terrível alegoria de "A Bela Adormecida", dizendo como a criatura humana foi abençoada com todos os seus dons recebidos ao nascer, e, no entanto, amaldiçoada com a morte; e como a morte pode ser suavizada em sono.


Chesterton dava grande valor aos contos de fada e seus ensinamentos. Segundo ele deveriam ser mais reverenciados do que os livros de história por serem frutos da nossa maior fonte de sabedoria, a tradição.

Para ele a tradição era uma extensão dos direitos civis pois tratava-se de dar voz aos nossos antecipados, aqueles que já foram. Depois de ler Ortodoxia você passa a ver os contos de outra forma e procurar neles os valores que não consegue ver em outro lugar.

Agora começo a entender a fixação dos progressistas em tentar distorcer os contos de fadas para que abriguem suas próprias idéias de evolução humana. Sinto muito, mas o príncipe encantado casa-se com a Cinderela e vivem felizes para sempre constituindo uma família! Será isso tão ruim assim?

Que bom que saiu esta versão comemorativa. O DVD que tenho em casa está com o som muito ruim, espero que tenham melhorado. Felizes de nós que crescemos assistindo estes contos maravilhosos. Pelo menos posso garantir que meus filhos tenham a mesma experiência, vezes e mais vezes.

Nenhum comentário: