domingo, fevereiro 08, 2009

O Sétimo Selo

Antonious Block é um cavaleiro que retorna das cruzadas. Depois de dez anos, está próximo de chegar em casa mas encontra um continente devastado pela peste negra. É quando recebe a visita da morte, seu tempo chegara ao fim. Para ganhar um tempo, a desafia para um jogo de xadrez. A morte fica intrigada, por que desejaria um tempo a mais? Antonious é um homem cansado, que foi ao outro lado do mundo para encontrar Deus e não o encontrou, quer compreender antes de morrer.

O filme de Bergman, uma obra de arte, é a conflito do ser humano com a maior certeza que possui, a inevitabilidade da morte. A peste cumpre o papel de evidenciar o destino inescapável. Assim os tipos que marcaram a idade média, cavaleiros, artistas, ferreiros, religiosos, escudeiros, donzelas, todos são obrigados a refletir sobre o destino que parece cada vez mais próximo.

A jornada de Antonious e seus companheiros, em um clima sempre sombrio, é a imagem do fim de uma época. Não por acaso o cavaleiro é um homem cansado, descrente. Já não compreende o mundo a sua volta. A ânsia pelo conhecimento, movido por sua fé, o havia afastado de seu lar por dez anos e no fim não encontrara as respostas que procurara. Sua angústia é comovente. Diante de uma mulher que está para ser queimada como bruxa por ter "dormido com o diabo" quer saber como ele é, quer se encontrar com ele. Antonios quer perguntar ao demônio como é Deus.

Acaba por perder a partida propositalmente. Quer enfrentar logo seu destino, quer procurar o conhecimento na morte. Mas ela não apresenta respostas, desesperado volta para Deus. Ainda quer encontrar o consolo na fé.

No início do filme, a morte comenta que ninguém fala dela. É a verdade. Temos a certeza da morte, mas nos recusamos a pensar nela. Os personagens de Bergman enfrentam-na. Alguns com desprezo, alguns com ironia, muitos com medo, mas todo com respeito. É a visita que todos esperam um dia. E é assim que chega para a cena final, como uma visita longamente esperada.

No fim, resta o casal de artistas com seu bebê. A criança representa a vida que se renova na terra, a esperança de sobrevivência. É naquela família, uma representação de todas as famílias, que a vida prossegue.

Até que ela nos venha visitar.

----------------
Now playing: Elton John - Where To Now St. Peter?
via FoxyTunes

Um comentário:

Pra que? disse...

Realmente Brilhante!