segunda-feira, abril 13, 2009

O problema da impunidade

Quando começou a lei seca eu alertei para algo que me parece óbvio, o problema não estava na prevenção e sim na impunidade. A falta de punição é um dos principais motivos, junto com o péssimo estado de conservação das estradas, e ainda citei um exemplo:

(...) Não adianta querer ser rigoroso com quem não cometeu nenhum crime e ser extremamente tolerante com quem o faz. Existem exemplos mil, o mais famoso deles é do jogador Edmundo. Embriagou-se, matou e até hoje está livre. Quantos mais estão na mesma situação? Quantos já realmente cumpriram alguma pena pelos acidentes que provocaram?

E o que leio hoje no Uol?

O mesmo Edmundo acabou de perder a carteira depois de perder 70 pontos em um único ano ao atingir a incrível marca de 17 infrações, a maioria por excesso de velocidade. Enquanto isso, o estado está preocupado se eu comi um bombom com licor. Tem como dar certo?

Nenhum comentário: