segunda-feira, maio 25, 2009

Emma - Jane Austen

Li em algum lugar que Jane Austen tentou criar em Emma uma heroína que só ela fosse capaz de gostar. Eu disse tentou. Na verdade a grande escritora fracassou completamente. Não tem como não gostar da jovem apesar de todos os seus defeitos e são muitos. Talvez o motivo de seu fracasso seja que Emma é acima de tudo humana, sofre com seus erros, arrepende-se, comete outros tantos, mas não desiste; quer construir sua própria felicidade e, de sua maneira, atrapalhada ajudar na dos outros.

A sua incapacidade de julgar as pessoas e perceber a verdade em suas intenções é uma mistura de inexperiência e autoconfiança. O que falta a Emma era a capacidade de se colocar em dúvida, de pensar por um minuto que poderia estar errada. Acostumada ao mimos de seu pai e de sua babá, ela realmente acredita ser uma excelente julgadora de caráter, de compreender os segredos da condição humana. Emma mostra os males que o excesso de confiança pode trazer para as pessoas.

Ao longo do livro, ela vai aprendendo da maneira mais difícil que não pode fazer o destino das pessoas, que não pode querer escolher por elas. A humildade é uma das maiores qualidades que o ser humano pode trazer (a despeito do que a cultura da alto ajuda preconiza) e Emma adquire sua dose aos poucos e da forma mais dolorosa.

No entanto Austen equilibra qualidades e defeitos, conferindo para sua heroína uma humanidade rara nos romances. Só quando consegue compreender suas limitações e seus erros é que Emma consegue se abrir para o amor e para sua própria felicidade.

Jane Austen mostra neste romance que não temos o direito de interferir tão decisivamente na vida dos outros, que não possuímos a verdade sobre os sentimentos que não são nossos. Para ajudar as pessoas não devemos fazer o que achamos melhor para elas pois podemos estar errados. Precisamos tentar entendê-las antes de tentar ensiná-las. Principalmente quando a inexperiência está do nosso lado.

----------------
Now playing: Camisa De Vênus - Homen Não Chora
via FoxyTunes

Nenhum comentário: