domingo, junho 14, 2009

As 10 mais do Haiti

Chegando ao fim, é hora de registrar as músicas que marcaram esta época da minha vida. Se ainda é difícil fazer um balanço dos 9 meses de missão (contando desde a apresentação em Aquidauana para a preparação), fica esta lista, com seus significados.

A Matter of Time - Los Lobos

Primeiro fim de semana da missão; fomos para Campo Grande. Alugamos um carro em Aquidauana. Como tinha um rádio, acabei comprando alguns cds. Não sei bem por que, mas acabei comprando um coletânea do Los Lobos, banda que nunca tinha escutado. Nos rendeu momentos bastante divertidos andando pelas ruas da capital do Mato Grosso do Sul.

Como Ser Feliz Ganhando Pouco - O Bando do Velho Jack

Banda de Campo Grande, fez um show neste mesmo final de semana. Chegamos a ir no local, mas não tinha mais ingresso; estava lotado. Um monte de gente ficou do lado de fora, bebendo e escutado músicas. Eu e o Jair conhecemos o Bando pelo pouco que dava para escutar, do lado de fora do bar. No dia seguinte comprei um cd no shopping. Escutei o som do Bando praticamente durante todo o preparo. Além de lembrar de um amigo dos tempos de Santarém, que agora mora em Aquidauana, e que primeiro tinha me falado sobre a banda.

Seven Nation Army - The White Stripes

Outra banda que não tinha parado para escutar. Quando escuto Seven Nation Army, lembro do caminho para a praia, em um dos primeiros finais de semana em Porto Príncipe. Não foi um programa que se repetiu muito porque os domingos foram mais dedicados ao "nadismo", ou seja, a ficar morgado esperando o tempo passar. E recuperando das ressacas dos sábados.

Funk #49 - The James Gang

Esta foi uma presença constante nas corridas ao redor da base. No início até que tive empolgação, depois as corridas se transformaram em caminhadas sem som, normalmente conversando com o Jair. Tinha feito planos no Brasil de fazer algum plano de treinamento e usar o Haiti para entrar em forma; deu tudo errado. Só no final, nas últimas semanas, que usei a página da nike para montar um programa de 11 semanas e até agora, na quarta, segui a risca. Antes tarde do que nunca.

Going Up The Country - Kitty, Daisy and Lewis

De tanto escutar Donnas, Blondie e Jefferson Airplane, bandas com vocais femininos, acabei dando uma "googlada" para procurar coisas novas. Através de um site fiquei sabendo de uma banda formada por irmãos, ainda garotos, que tocavam... rockabilly! Fiquei curioso e assim descobri Kitty, Daisy and Lewis. O fato da banda ser uma família __ eles tocam com os pais acompanhando __ em um momento que estava longe da minha, acabou criando uma conexão interessante.

Where to Now St Peter - Elton John

Nunca dei a devida atenção para Elton John. No meu primeiro leave, teve o show do Rio de Janeiro e lembro que assisti, da televisão, junto com o Luan. Na volta, passando por Miami, comprei dois discos. Esta música, pela temática e letra, casou muito com as coisas que andei refletindo no período que passei aqui no Haiti.

Back to Black - Amy Winehouse

Esta é para lembrar das farras de sábado a noite. Por farra, entendam ficar bebendo, batendo papo e escutando música. Tinha um colega que depois de algumas doses, usando todo seu inglês, começava a pedir algo como: coloca Amy westwesthouse. Sempre rendeu boas gargalhadas. A música acabou virando hit dos fins de noite.

Somebody to Love - Jefferson Airplane

As corridas do início de missão também foram importantes para escutar mais Jefferson Airplane. Somebody to Love é uma daquelas músicas que não saem da cabeça e ficava constantemente cantarolando-a pela companhia.

It's a Mistake - Men At Work

Hino da República Dominicana. Não tem como esquecer eu, Jair e Bertoldo andando em um Corola de câmbio automático pelas ruas de Santo Domingo, muitas vezes perdidos. Uma das brilhantes idéias foi ir a um shopping no domingo rendendo-nos uma volta ao mundo para chegar lá. O pior é que o shopping era um grande m... Mas as lembranças foram as melhores possíveis, principalmente da noite do Hard Rock Cafe.

Maria - Blondie

Esta é a música que estou mais escutando no momento, o hit de final de missão. Enfim, acabou. Dentro de 9 dias estou voltando para o Brasil e retomando minha vida. Valeu a pena? Ainda é cedo para dizer, tenho que me livrar da carga emocional que ainda está muito presente para refletir com um pouco mais de isenção.



Nenhum comentário: