sexta-feira, junho 04, 2010

Parreira resolve falar

Depois de 4 anos, o técnico Carlos Alberto Parreira resolveu desabafar e responsabilizou os jogadores pelo fracasso de 2006. Reclamou especialmente dos atletas que se apresentaram acima do peso, passando de 100kg.

Tudo bem.

Mas não adianta posar como se não tivesse nada a ver com aquilo. Foi ele quem convocou e, principalmente, quem escalou. Quando resolveu "poupar" os titulares, o Brasil teve sua melhor atuação na Copa, no jogo contra o Japão. No jogo seguinte, trouxe o bando de volta e o resultado foi o que se viu.

Se Parreira não tivesse opção no banco, até se entende. Mas tinha Robinho e Cicinho comendo a bola, doidos para jogar. Preferiu ficar com seus medalhões que visivelmente não queriam nada com nada.

Parreira tem que lembrar que o comandante era ele. Da mesma forma como recebeu merecidamente os louros de levar um time medíocre a ganhar o caneco em 1994, tem a grande parcela de responsabilidade por levar uma seleção infinitamente mais talentosa ao fracasso em 2006.

Parece até que o Parreira de 2006 queria provar que quem estava certo era o Parreira de 1994. Que Dunga não resolva provar a mesma coisa. Se bem que pela convocação, parece que quer confirmar que para ganhar a Copa precisa jogar feio. E ainda reclama do time de 82...

Nenhum comentário: