quarta-feira, dezembro 08, 2010

Top 5: Músicas 2010

Estas foram as cinco músicas que marcaram para mim o ano de 2010, sem ordem estabelecida:

  1. Cold Fire - Rush: este ano fui em um dos melhores shows da minha vida, o da turnê Time Machine da banda canadense Rush. Foram muitos grandes momentos, mas confesso que não conhecia nenhuma das 3 músicas qu tocaram do disco Counterparts, de 1993. Depois, vendo o excepcional documentário Beyond The Lighted Stage, talvez o melhor que já tenha assistido, fiquei sabendo que se tratava do retorno do Rush ao rock básico depois de uma década de experiências com teclados na onda dos anos 80. Acabei comprando o disco e achei um grande trabalho. A penúltima música do disco acabou ficando como minha favorita e como marco deste fim de ano de muito Rush na veia. Uma música com clima, grandes passagens, bateria precisa, letra inspirada de Peart, ou seja, tudo que a banda sabe fazer de melhor.
  2. Whatever You Want - Status Quo: rock sujo e básico. Já conhecia mas não sabia que era do Status. Escutei em seguida muitas vezes e o riff de guitarra ficou preso na mente.
  3. In The Street - Big Star: seguindo indicação do podcast do poeirazine fui conhecer esta banda. In The Street serviu de base para a abertura do seriado "That 7th Show" e foi um tema constante nas muitas viagens de ônibus no curso que fiz este ano. Vai me lembrar sempre das paisagens passando pela janela.
  4. Hold On - Deep Purple: nunca tinha prestado maior atenção a esta música perdida no subestimado disco Stormbringer do Purple. Bonito solo de guitarra de Blackmore e ritmo com dedo do Glenn Hughes.
  5. Rainbow in the Dark - Dio: 2010 foi também o ano que o grande vocalista do Metal nos deixou. Escutei muito do trabalho do Dio em suas várias bandas e a música que ficou marcante foi o maior sucesso de sua carreira solo. De uma hora para outra a canção passou a provocar arrepios. Dio na sua melhor forma.