quinta-feira, maio 19, 2011

Palocci?

De novo?

Tudo que poderia ser dito desse indecoroso já havia sido dito quando usou toda estrutura do ministério da fazenda para violar o sigilo bancário de um caseiro e jogá-los às feras. Fossemos um pouco mais decentes, jamais poderia voltar à vida pública.

Graças ao nosso sistema proporcional, virou deputado. Como tem a inexplicável simpatia de um monte de gente acabou como principal ministro da poderosa, o que mostra também o caráter de quem escolhe. Não é Lauro Jardim? O colunista da Veja fez campanha por mais de ano postando semanalmente notinhas simpáticas a este crápula da política. Acham que aprendeu? Que nada, já está escrevendo bobagens para defender o indefensável. Um dos piores problemas de acreditar na esquerda é que quando a pessoa cai em si, a vergonha é tão grande por ter sido enganada tão simploriamente que é melhor defender até a morte que o real não é real. Afinal, você vai acreditar em mim ou nos seus olhos?

E aqui estamos. O maior talento do empresariado brasileiro é Antonio Palocci. Pena que nunca tenha mostrado essa eficiência toda ao dirigir os negócios do estado, seríamos hoje uma potência!

Sim, eu sei, ele é melhor do que a maioria da turma do PT. Mas isso diz mais sobre o PT do que do próprio Palocci.

Quem o pariu que o embale. Quem vota nessa gente que acorde. Nunca é tarde para reconhecer um erro.


- Posted using BlogPress from my iPad

Nenhum comentário: