quarta-feira, outubro 12, 2011

Fidelidade ao mundo

Right Turns - Michael Medved (2004)




O grande problema das ideologias é a atitude diante da realidade. Um bom ideólogo, ao verificar que sua teoria não encaixa no mundo em que vive, tenta mudar o mundo para se adequar ao sistema mental que tem em sua cabeça. O homem são reflete e modifica suas idéias diante do que está vendo.

Michael Medved é um exemplo da atitude sensata de um homem diante do mundo real. Na juventude um liberal convicto, colega de Hillary Clinton, a ponto de fazer campanha para candidados democratas e estar a poucos metros de Bobby Kennedy quando este foi assassinado. O problema é que Medved foi fiel não a suas idéias, mas ao mundo em que vivia; e esse mundo estava em contradição com suas próprias convicções políticas.

Em Right Turns, ele conta como gradualmente se afastou das idéias de esquerda e foi se tornando o que é hoje, um dos radialistas conservadores mais influentes nos Estados Unidos. O processo não foi estantâneo, muito menos indolor, mas a pessoa que estava ao lado dos Kennedys nos anos 60 terminou ao lado de Reagan nos 80. Medved virou para a direita.

O livro é interessante não só por expor suas reflexões pessoais, mas como um painel do que aconteceu no seu país a partir de meados da década de 60. As agitações políticas do final da década, o problema do Vietnã, o governo Carter, Reagan, Bush. Um olhar que muitas vezes contradiz a visão comum sobre alguns acontecimentos chave do período. Os estudantes americanos, por exemplo, só começaram a protestar contra o Vietnã quando Johnson suspendeu a resolução que impedia que universitários fossem convocados para a Guerra e deixaram de protestar quando Nixon os isentou novamente _ a guerra ainda duraria 2 anos.

O que Medved denuncia no seu livro é uma imensa hipocrisia que alimentava seus ideais de esquerda e continuam alimentando liberais ainda hoje. Seja na imprensa, em Hollywood, na política, liberais buscam seus interesses pessoais mas disfarçam com uma pretença idéia que estão lutando pelos outros, fazendo que se sintam bem consigo mesmos. Medved rompeu com essa círculo e resolveu encarar o mundo como realidade


- Posted using BlogPress from my iPad

Nenhum comentário: